PIX, que permite transferências e pagamentos instantâneos, estará disponível para beneficiários do auxílio a partir de 30 de abril. Transferência para conta de mesma titularidade será proibida.

O Banco Central informou nesta quinta-feira (22) que, a partir de 30 de abril, trabalhadores que recebem o auxílio emergencial poderão usar o PIX para movimentar o dinheiro do benefício.

PIX é um sistema de transferências de recursos em tempo real, que funciona 24 horas por dia, todos os dias da semana, sem a cobrança de tarifas para pessoas físicas.

Atualmente, os beneficiários do auxílio emergencial não podem usar o PIX. De acordo com o BC, a partir de 30 de abril serão bloqueadas apenas transferências para contas de mesma titularidade.

“Tal excepcionalidade se faz necessária visando a proteção dos usuários, uma vez que tais recursos não podem ser objeto de descontos ou de compensações que impliquem a redução do valor do auxílio”, acrescentou a instituição.

R$ 44 bilhões em 2021

Neste ano, segundo o painel do Tesouro Nacional, estão previstos pagamentos de R$ 44 bilhões em auxílio emergencial para a população de baixa renda.

O pagamento médio é de R$ 250, mas os valores oscilam de R$ 175 a R$ 350. Os depósitos começaram a ser feitos em abril. No ano passado, foram pagos R$ 293 bilhões em auxílio emergencial pelo governo.

Os pagamentos da primeira parcela do benefício, para todos os públicos, vão até o final do mês de abril (veja nos calendários mais abaixo).

Fonte: https://g1.globo.com/economia/pix/noticia/2021/04/22/beneficiario-podera-usar-pix-para-movimentar-dinheiro-do-auxilio-emergencial-diz-bc.ghtml

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *